A importância das parcerias para o sucesso do nosso negócio.

April 29, 2016

Evento: 5 anos do Design Bárbaro

Todo desenvolvido por meio de parcerias.

Fotografia: Vanessa Lisboa

Espaço: Santo Mimo

Saiba sobre os colaboradores desta festa, aqui

 

 

 

Boa Tarde!! Como estão!?

Hoje gostaríamos de falar sobre as parcerias e de como elas são importantes para o crescimento da nossa empresa! Nós somos a favor e, para nós, elas são essenciais para a divulgação de nosso trabalho.

Aqui você encontrará algumas dicas bem legais de como firmar parcerias de sucesso, sobre a valorização e o respeito que devemos ter para com nossos parceiros.

 

Princípios:

.Objetivos e visão comuns
.Confiança
.Valores compartilhados
.Consenso
.Integração


Valores:

.Participação
.Respeito pelas pessoas
.Transparência
.Complementaridade
.Aprendizagem

 

No mundo de hoje ocupado de marketing da marca, utilizando a força da Marca de Parceria De marketing para ganhar exposição no mercado incremental e penetração da nova distribuição canais não só é inteligente – é uma ferramenta de marketing essencial para que os comerciantes permanecem mesmo mais competitivo no atual mercado em constante mudança.


Não é novidade que o mercado se torna cada vez mais competitivo, e os clientes estão cada vez mais ativos e exigentes. Por esse motivo, até mesmo para pequenas empresas, as parcerias trazem muito benefícios.

 

Quais vantagens as parcerias trazem?
O Brasil vive uma grande desigualdade em sua economia e isso reflete nas oportunidades entre pequenas e grandes empresas, por isso é necessário que empresários de pequenas empresas sejam criativos, saibam investir e coloquem no mercado novos produtos.

 

Uma parceria nada mais é do que a cooperação entre diferentes empresas que procuram obter uma relação que resultará em lucro e otimizará algumas funções. Além disso, a parceria é uma forma é alavancar o nome da empresa e assim conseguir mostrar seus produtos de maneira mais competitiva no mercado.

 

Mas, muita atenção ao firmar parcerias. As parcerias são meios facilitadores para alcançar o sucesso, e por isso mesmo devem ser feitas com planejamento e estratégias. Estudar se a aliança será realmente positiva é indispensável para o sucesso da união.

Pequenas empresas que hoje investem em recarga de cartuchos podem criar grandes parcerias com empresas que vendem equipamentos de informática ou de manutenção de impressoras, por exemplo. Pois, além de gerar mais comodidade aos clientes, ainda vai gerar mais lucro para ambas as empresas.

Aos pequenos empresários, fica a dica: analisem a possibilidade de parcerias, estudem quais seriam as melhores empresas, criem estratégias de ação e apresentem suas propostas. Muitas vezes as oportunidades estão próximas. Basta se preparar!

 

Parcerias: objetivo e estratégia

Como objetivo principal, tem-se o fortalecimento da relação do empreendedor com seus clientes, que se sentem satisfeitos ao usufruírem de vantagens exclusivas. Como estratégia principal, oferecem-se descontos e gratuidades na aquisição de produtos e serviços dos empreendedores parceiros.

A seguir, conheça as dicas para colocar a parceria em prática:

 

Faça a segmentação dos deus clientes

Segmentar clientes através de análises de perfis é fundamental para identificar as necessidades de cada um e obter melhores resultados com a parceria. Isso envolve, inclusive, saber qual o valor que cada cliente tem para o seu negócio e quais as chances reais de fidelização. De modo geral, fidelizar clientes que já geram lucro é mais benéfico do que dar tiros no escuro e correr o risco de oferecer benefícios aleatórios a quem não compra de fato seu produto.

Elabore cadastros detalhados e busque parceiros que atuam em segmentos de interesse. Para conseguir os dados das pessoas, que muitas vezes não preenchem formulários, utilize ferramentas como o Social Login ou um CRM, ideais para fornecer as informações importantes sobre os clientes.

 

Foque no perfil do cliente para oferecer o benefício adequado

Ao dirigir estratégias a perfis individuais, o empreendedor tem mais chances de oferecer vantagens que seus clientes realmente vão usar. Se você é empreendedor e tem uma academia de ginástica, por exemplo, é mais eficiente oferecer cupons de descontos em lojas de suplementos alimentares e centros de estética do que em uma lanchonete de fast food.

Seus clientes logo assimilarão seus serviços de forma mais ampla e seu parceiro acaba por se tornar uma extensão da sua empresa.

 

Obtenha vantagens para você e para seu parceiro

A forma mais comum de parcerias com foco em resultados é através do chamado B2B, ou Business to Business. Nesse modelo, você oferece aos seus clientes um cupom de desconto para ser utilizado na empresa parceira e esta, por sua vez, atua fazendo propaganda do seu negócio.

 

Use as redes sociais em benefício das parcerias

Na sua fanpage do Facebook você pode oferecer cupons de desconto para quem compra acima de determinado valor ou para seus maiores fãs, aqueles que mais comentam e compartilham suas postagens. Esses dados são fornecidos por aplicativos específicos.

 

Busque o parceiro ideal

O empreendedor deve buscar mais do que empresas que atuem em segmentos de interesse para seus clientes, mas também que tenham os mesmos princípios éticos. Lembre-se que seu parceiro estará vendendo a sua marca e você não vai querer seu nome ligado a uma empresa cujos valores você não estão alinhados com os seus.

 

Fidelize os novos clientes

Mesmo que o foco principal seja a clientela que gera mais lucro, você pode usar as parcerias de descontos para estimular a adesão de novos usuários do seu produto ou serviço. Isso aumenta as chances da tomada de decisão. Nesses casos voltados a clientes ainda desconhecidos, o ideal é oferecer vantagens mais genéricas, como vale café ou descontos em eventos culturais, como cinema ou teatro.

 

Use a parceria para aprender

Para o empreendedor, firmar parcerias com empresas é uma chance de aprender mais sobre o comportamento dos seus clientes desde a aquisição de um cupom de desconto até o fechamento de uma próxima venda. É possível diferenciar parceiros e testar diferentes tipos de descontos para aumentar suas vendas se baseando em números reais.

 

Valorize o cliente com o “compre mais e ganhe mais”

Seu cliente deve estar ciente de que está recebendo uma vantagem como recompensa pela fidelidade. Ao oferecer um vale desconto deixe claro que ele é especial e que você está concedendo um presente generoso como forma de agradecimento, o que  gera estímulo para saber o quanto ele precisa comprar para obter o próximo benefício.

Vimos que associações entre empreendedores permitem auxílio mútuo e geram benefícios para a fidelização de clientes. Você já aderiu às parcerias no seu empreendimento? Compartilhe sua experiência com a gente!

 

Como estruturar parcerias? 


Existem alguns meios para se firmar parcerias estratégicas entre empresas concorrentes. A forma mais conhecida delas é a “joint venture”. “Joint Venture” é a parceria entre duas ou mais empresas para exploração de um determinado negócio ou mesmo sua união permanente. Ela pode ser implementada através da constituição de uma terceira empresa, onde os parceiros serão sócios; através da fusão, ou seja, a união de duas ou mais empresas, criando-se uma nova empresa; ou através de contratos de fornecimento, prestação de serviços e/ou parceria comercial.

Havendo interesse entre duas ou mais empresas em firmarem uma parceria, será importante as negociações de alguns pontos, a saber:

- o que se espera alcançar com tal parceria, ou seja, quais os ganhos de cada uma das empresas;
- definição de como será o uso das marcas envolvidas na parceria;
- direitos e obrigações de cada uma das empresas parceiras;
- escolha dos administradores de tal parceria;
- no caso de criação de uma terceira empresa, quantas quotas do capital social pertencerão a cada uma das empresas;
- no caso de fusão da empresa, análise do passivo (obrigações e dívidas de cada uma das empresas), bem como do ativo (direitos, valores, equipamentos, instalações, imóveis, veículos) pertencente a cada uma das empresas e a forma como tais valores serão incorporados ao capital da empresa resultante da respectiva fusão;
- determinação do prazo de duração, caso exista, para o funcionamento da parceria.

Com todos esses itens negociados, o próximo passo será a elaboração do contrato de constituição da tão desejada parceria. Para isto, será essencial contar com uma boa assessoria jurídica e contábil.

Depois, é faturar.


Fonte:

www.masterink.com.br

www.asaas.com

www.boletimdoempreendedor.com.br

 

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

November 29, 2018

July 14, 2017

July 6, 2017

Please reload

Arquivo